Mato Grosso, 24 de Maio de 2022
Nacional / Internacional
Justiça do Rio muda data de julgamento de Flordelis para junho
29.04.2022
08:49
FONTE: Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Câmara dos Deputados

    Foto: Câmara dos Deputados

A Justiça do Rio de Janeiro mudou a data do julgamento da ex-deputada federal Flordelis e de outros quatro réus no assassinato do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, com mais de 30 tiros, na porta de casa. Flordelis está presa desde agosto do ano passado, quando teve o mandato cassado pela Câmara Federal.

 

O Júri, que estava marcado para 9 de maio, foi transferido para o dia 6 de junho. Na decisão, a juíza Nearis Carvalho Arce, da Terceira Vara Criminal de Niterói, na Região Metropolitana, disse não haver tempo hábil para juntar ao processo todos os laudos solicitados pelas defesas.

 

Um desses laudos é a avaliação psicológica e psiquiátrica a que Flordelis foi submetida nesta quarta-feira (27). O procedimento foi autorizado pela Justiça, após pedido da defesa.

 

A filha de Flordelis, Marzy Teixeira da Silva, e a neta Rayane dos Santos Oliveira também passaram por avaliação.

 

De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público, a ex-deputada, que também era pastora e cantora gospel, ordenou a morte do próprio marido Anderson do Carmo, em uma disputa por poder e dinheiro. Flordelis e Anderson ficaram conhecidos por terem adotado dezenas de crianças, e alguns dos seus filhos biológicos e afetivos também são acusados de participação no crime.

 

 

Dois deles foram condenados em novembro do ano passado, um pela execução do crime e outro por ter comprado a arma utilizada. Em outro julgamento este mês, mais dois filhos e dois amigos do casal foram condenados por associação criminosa, por terem contribuído de alguma forma para o assassinato.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO