Mato Grosso, 20 de Setembro de 2020
Esportes
Luxemburgo elogia desempenho do Palmeiras no Dérbi: "Sempre tivemos o jogo controlado"
11.09.2020
09:04
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Luxemburgo elogia desempenho do Palmeiras no Dérbi: "Sempre tivemos o jogo controlado"

    Vanderlei Luxemburgo na partida entre Corinthians e Palmeiras, em Itaquera — Foto: Marcos Ribolli

O técnico Vanderlei Luxemburgo usou a expressão "jogo controlado" para definir a vitória do Palmeiras por 2 a 0 contra o Corinthians, nesta quinta-feira, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

O Verdão abriu o placar na primeira etapa em cobrança de pênalti de Luiz Adriano - Fagner foi expulso no lance por tocar com a mão na bola dentro da grande área. Na segunda etapa, Gabriel Veron aproveitou chute cruzado de Willian para fechar o placar em Itaquera.

 

– Sempre tivemos o controle do jogo. Conseguimos encaixar nosso time no Corinthians, marcação numa linha mais alta fazendo que provocasse o erro. Trabalho segue, né? Sobre encontrar um time mais leve, sempre disse que minha característica é essa. Quando não pode tem de fazer ao contrário. É isso que as pessoas às vezes não conseguem entender – avaliou o treinador.

 

Mesmo com críticas recentes, o Palmeiras consegue se manter como único invicto do Campeonato Brasileiro após oito jogos - foram quatro vitórias e quatro empates, o que deixa o time alviverde com 16 pontos, quatro pontos atrás do líder Internacional.

 

– Se parar para pensar tem muita coisa boa acontecendo no meio do caminho. Esquece o jogar feio para ganhar o campeonato. Analisar com coerência e critério vai ver que o ano é muito bom. Tivemos duas participações em torneios e ganhamos as duas. Duas derrotas na temporada, melhor defesa da temporada, uma série de coisas que são boas – analisou Luxemburgo.

 

– Botei um jogador, outro, e agora encontrei um espaço bom para o Lucas Lima. Hoje ele está num espaço que consegue dominar, pensar o jogo. Gosto de velocidade. O Wesley amadureceu, entrou contra o Bahia, entrou bem no jogo passado. Nesse jogo provocou velocidade, depois entrou o Veron. Tivemos controle do jogo o tempo todo. Em momento algum vi o Palmeiras ameaçado de uma derrota – completou.

 

A vitória em Itaquera encerrou um jejum do Palmeiras de dois anos sem vitórias contra o rival. O técnico Vanderlei Luxemburgo destacou o entendimento da equipe sobre o clássico.

 

– É aquele detalhe, né? Contra o Corinthians é um jogo diferente. Todo jogador tem de saber que é um jogo diferente. Tem de viver a intensidade que permite. Ganhamos o campeonato, mas ficou para trás. Tudo foi ficando para trás. Eles estavam em vantagem de 2018, ganhamos nós agora – afirmou.

 

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Sport no Allianz Parque, às 19h45. Depois da partida, o Verdão segue direto para La Paz, na Bolívia, onde enfrenta o Bolívar na quarta-feira, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

 

Veja outros trechos da entrevista de Vanderlei Luxemburgo:

 

Sobre a entrada dos jovens

– Os jovens estão entrando, mas tem de ter muito cuidado. Veron tem um potencial fantástico, mas não é o salvador da pátria. É muito novo. Wesley não estava legal e agora melhorou. Tem o Patrick, o Gabriel Menino, o Danilo... Tem de ter um pouco de calma com a garotada. Tem de fazer as coisas com tranquilidade, colocando e tirando, fazendo o que for necessário ser feito. Algumas coisas estão produzidas, algumas prontas e outras para acontecer.

 

Lucas Lima

– O Lucas tem treinado bastante. Pena que tem a pandemia e ninguém pode ver os treinamentos, o quanto tem se dedicado. Eu dei uma girada na equipe. Encontrei espaço onde o Lucas pode flutuar sem ter alguém no cangote dele. Ele tem possibilidade de puxar a bola para dentro, olhar quem está na frente dele, virar a jogada...Consegue chegar na frente, virar jogo, está num espaço do campo diferente que estava um tempo atrás. Encontrei um jeitinho para ele, e ele gostou desse jeitinho de jogar.

 

Sobre usar as cinco substituições

– Dão privilégio dentro de um jogo de tornar tua equipe mais ofensiva ou defensiva. Tem de ver o que vai fazer. Hoje, mesmo ganhando, tornei a equipe mais ofensiva... Coloquei Willian, Veron e Rony para jogar o Corinthians para trás. Facilita de preservar, poupar... Ia tirar o Luiz Adriano, mas dei azar. Aconteceu antes a lesão dele. Ele vinha de uma sequência.

 

Retornos de Felipe Melo e Marcos Rocha

– Vamos chegar amanhã para ver como eles vão estar, estão na transição. O Mayke jogou muito bem, saiu por causa do cartão. Vamos ter calma para voltar jogador para não ter nenhum problema e voltar para o departamento médico.

 

Chance de poupar o time no domingo

– Vamos viajar após o jogo do Sport, logo em seguida. Pegamos um voo fretado e vamos embora. Para o jogo contra o Sport, vamos ver agora o que o departamento de ciência vai oferecer para nós, a recuperação de cada atleta e fazer uma análise para ver quem vai jogar contra o Sport.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO