Mato Grosso, 22 de Outubro de 2021
Mato Grosso
Mais de 1.500 jovens de 19 anos ou mais são vacinados contra a Covid-19
24.09.2021
07:33
FONTE: Ascom Prefeitura/Duana Souza

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Ascom Prefeitura/ Rayan Nicacio

    Foto: Ascom Prefeitura/ Rayan Nicacio

Dando mais um passo na imunização coletiva contra o coronavírus em Lucas do Rio Verde, 1.509 pessoas foram vacinadas no Parque de Exposições na noite desta quarta-feira (22). A equipe da Vigilância em Saúde contou com grande reforço de profissionais da Saúde e voluntários para que o processo corresse de forma ágil e eficaz para todos os pedestres no local.

 

A voluntária Melissa Guimarães conta que já participou várias vezes auxiliando na organização e explica a motivação. “Minha vontade é ajudar a lutar contra esse vírus. Já perdi amigos em decorrência disso e eu não estava muito bem psicologicamente. Estar aqui tem feito a diferença para mim, meu coração, minha vida”, relata.

 

Os jovens com a faixa etária convocada estiveram em peso na vacinação e contam sobre a importância do momento. “Para mim é por ajudar a proteger minha família, o próximo. É bom ter a oportunidade de estar aqui hoje vacinando. Oportunidade que muitas pessoas, inclusive próximas, não tiveram”, afirma a manicure Xayanne Chaves.

 

Para Fabricio Reis, 19 anos, a motivação também é empática. “Vacino pela minha segurança mas, especialmente, pela dos meus familiares. Tenho muitos parentes próximos que são do grupo de risco e, mesmo sendo vacinado, não vou deixar de manter os cuidados básicos”, relata o estoquista.

 

O avanço na vacinação traz esperança de dias melhores, de volta à normalidade, mesmo para os mais jovens. “Eu estou muito feliz porque esse momento é muito importante para a saúde coletiva. Com várias pessoas sendo vacinadas, depois da segunda dose, talvez podemos trazer de volta a estabilidade, não só local, mas mundial”, finaliza Rikelme Matheus, de 19 anos.

 

É importante ressaltar que a vacinação não impede que as pessoas sejam contaminadas com o vírus, mas na grande maioria dos casos, uma pessoa imunizada tem menos chances de contrair formas graves da doença, com situações irreversíveis ou de morte.

 

Se você, por qualquer motivo que seja, ainda não se vacinou, fique atento na data da próxima convocação de primeira dose. 

 

 

TODAS as vacinas disponibilizadas no Brasil são testadas e aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Não tenha medo da vacina, tenha medo do vírus.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO