Mato Grosso, 24 de Novembro de 2020
Política
Mais de 50 prefeitos são reeleitos em Mato Grosso
17.11.2020
14:45
FONTE: Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • amm

A Associação Mato-grossense dos Municípios-AMM, realizou um levantamento que aponta: dos 88 prefeitos que tentaram a reeleição, 54 saíram vitoriosos nas urnas e 34 não conseguiram êxito no pleito. Dos postulantes vencedores, 15 são mulheres e 10 são ex-prefeitos. Os dados são baseados em informações divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral–TSE, após o primeiro turno das eleições realizadas neste domingo.

 

Entre as prefeitas eleitas, algumas tiveram votação expressiva, com destaque para Carmem Martines, reeleita em Carlinda, com 90,16% dos votos válidos e Marilza de Oliveira, reeleita em Nova Brasilândia com 73,63% dos votos.

 

Já entre os prefeitos, Leonardo Bortolin, de Primavera do Leste, obteve 89,04%, conquistando com folga um novo mandato. Nos municípios que tiveram candidatura única, os prefeitos de Porto Alegre do Norte, Daniel do Lago, Marcelândia, Celso Luiz Padovani, Ponte Branca, Clenei Pereira da Silva e de União do Sul, Claudiomiro Jacinto de Queiroz, tiveram 100% dos votos válidos nesta eleição.  

 

Dos ex-prefeitos que retornarão ao cargo em 2021, Nelson Orlato, de Pedra Preta, já foi prefeito do município na década de 1980, sendo um dos pioneiros da cidade. Entre os vários estreantes na disputa eleitoral, um deles é o empresário Hemerson Máximo, conhecido como Maninho, foi eleito em Colíder, em sua primeira eleição para mandato eletivo. 

 

O levantamento realizado pela AMM demonstra, ainda, o mapa dos partidos eleitos para comandar as prefeituras a partir de 2021. O DEM foi a sigla que mais elegeu prefeitos em Mato Grosso, somando 25 gestores, seguido pelo MDB, com 22. Na sequência aparecem PSB (13), PSDB (11), PSD (10), PP (9). PDT, PL e Solidariedade somam oito prefeitos cada um. Republicanos (5), Podemos (5), Patriota (4) e PSL (4), PTB (2) e PSC (2), PT (1), PRTB (1), PROS (1) e Cidadania (1).

 

 

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Neurilan Fraga, parabenizou os prefeitos eleitos e os que fizeram os sucessores, apesar de todos os desafios da atual gestão, principalmente neste último ano de mandato. “Todos sabemos que este ano não foi fácil, em virtude da pandemia e de todas as consequências da crise nas áreas da saúde e da economia.  Por isso reconhecemos o mérito dos prefeitos que conquistaram novo mandato e também o empenho dos que tentaram e não conseguiram, mas que igualmente merecem todo nosso respeito e admiração”, assinalou Fraga, destacando que as mudanças nos cargos eletivos são esperadas, considerando a tendência da população em apostar em novos nomes.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO