Mato Grosso, 28 de Janeiro de 2022
Mato Grosso
Mais de um milhão de mato-grossenses estão com a corda no pescoço por causa de dívidas
13.01.2022
08:54
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Divulgação

    Foto: Divulgação

Além da brutal perda do poder de compra, um levantamento da Câmara de Dirigentes Lojistas, a CDL Cuiabá, aponta que o número de inadimplentes em Mato Grosso cresceu 3,36% em dezembro de 2021, em relação a dezembro de 2020.

 

Analisando por idade do devedor, os dados mostram que o número de endividados com participação mais expressiva em Mato Grosso, em dezembro, foi o da faixa de 30 a 39 anos, representando 26,06% dos devedores, tendo 43 anos como idade média.

 

Outro dado curioso é que o homem se endivida mais em Mato Grosso. De cada 100 inadimplentes, 54 são homens e 46, mulheres.

 

Em dezembro de 2021, o número de devedores em Mato Grosso chegou a um milhão 118 mil.

 

Isso significa que cerca de um em cada três moradores do Estado, está com a corda no pescoço.

 

Cada consumidor negativado do estado devia, em média, três mil 617 reais e 46 centavos, na soma de todas as dívidas.

 

Os dados mostram ainda que 38,40% dos consumidores do estado tinham dívidas no valor de até 500 reais, percentual que chega a 53,28% quando se fala de dívidas de até mil reais. 

 

O tempo médio de atraso dos devedores negativados de Mato Grosso é igual a 26 meses, sendo que 32% dos devedores possuem tempo de inadimplência entre um e três anos.

 

 

Em dezembro de 2021, o número de dívidas em atraso de moradores de Mato Grosso cresceu 5,27%, em relação a dezembro de 2020.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO