Mato Grosso, 03 de Julho de 2022
Economia / Agronegócio
Mulheres do movimento Agroligadas estão conhecendo, de perto, a produção agropecuária no Pantanal
21.06.2022
06:55
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Thales Murilo   (Agroligadas)

    Foto: Thales Murilo (Agroligadas)

Cerca de 50 mulheres do movimento Agroligadas vão participar do Tour Pantanal.

 

A visita à região começou no último domingo e segue até quarta-feira, 22 de junho, com objetivo de proporcionar conhecimento e informações sobre a produção agropecuária em Poconé, especialmente na região pantaneira do município.

 

A programação conta com a participação de entidades do setor produtivo e organizações como a Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, e Guardiões do Pantanal.

 

Dos assuntos abordados estarão em destaque a sustentabilidade e o meio ambiente.

 

A ação é organizada pelo núcleo Agroligadas de Mato Grosso e reúne mulheres profissionais do agronegócio de diversos estados brasileiros.

 

A coordenadora do projeto, Eloisa Hage, conta que o evento foi idealizado com objetivo de proporcionar novos conhecimentos e experiências para mulheres já profissionais no agro.

 

O pantanal foi escolhido para que elas conheçam a preservação e a importância do bioma. O foco é vivenciar a produção sustentável da região.

 

Consta na programação visitas técnicas e palestras com especialistas, dentre elas da Embrapa, da Acrimat, Associação dos Criadores de Mato Grosso, do Sindicatos Rurais de Poconé e Cáceres, também da Famato, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso e do movimento Guardiões do Pantanal.

 

Eloisa Hage lembrou que muitas famílias já produzem no Pantanal, com conhecimento e respeito ao meio ambiente e é isso que as Agroligadas podem ver e aprender nesses dias.

 

“Vamos conhecer pessoas, a ciência e a produção”, enfatizou a coordenadora do projeto.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO