Mato Grosso, 15 de Junho de 2021
Nacional / Internacional
Organização Mundial da Saúde aprova uso emergencial da CoronaVac
02.06.2021
09:46
FONTE: Daniella Longuinho - Repórter Rádio Nacional - Brasília

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto:  Roberto Costa/Código19

    Foto: Roberto Costa/Código19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, nesta terça-feira (01), o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan.

 

Durante o anúncio, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, destacou que a CoronaVac foi incluída na lista de vacinas para uso emergencial no contexto da pandemia por atender aos padrões internacionais de segurança, eficácia e fabricação. Além disso, Adhanom ressaltou que o imunizante possui requisitos simples de armazenamento, o que o torna adequado para locais com poucos recursos.

 

A aprovação permite que a CoronaVac seja incluída no consórcio internacional Covax Facility, que organiza a produção e distribuição de vacinas para os países que fazem parte da articulação, como é o caso do Brasil. O objetivo da aliança é garantir acesso mais igualitário às vacinas ao redor do mundo. 

 

A CoronaVac é a sexta vacina aprovada pela OMS para uso emergencial e uma das três que estão sendo usadas no Brasil; as outras são da AstraZeneca e da Pfizer.

 

De acordo com o Instituto Butantan, mais de 47 milhões de doses da CoronaVac já foram encaminhadas ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

 

O grupo de especialistas em imunização da OMS recomenda a CoronaVac para uso em adultos de 18 anos ou mais, com duas doses, em um intervalo de duas a quatro semanas.

 

A Organização Mundial da Saúde informou que a vacina preveniu a doença sintomática em 51% dos vacinados e os casos graves e hospitalização por covid-19 em 100% da população estudada.   

 

 

Nesta semana, o Butantan divulgou os primeiros resultados do estudo clínico do Projeto S, realizado pelo instituto por meio da vacinação da população do município de Serrana, interior de São Paulo. A vacinação na cidade com a CoronaVac fez os casos sintomáticos de covid-19 despencarem 80%, as internações, 86%, e as mortes, 95%.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO