Mato Grosso, 20 de Abril de 2021
Mato Grosso
Parceria entre Senar-MT e Senai-MT garante qualificação de jovens para atuarem no campo
06.04.2021
16:21
FONTE: Assessoria de Imprensa/ Senar-MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Divulgação

    Foto: Divulgação

Aconteceu na tarde desta segunda-feira (05.04), de forma online, a Aula Magna da primeira turma do Programa de Aprendizagem de Nível Técnico em Automação Industrial. A iniciativa é resultado da parceria entre os Serviços Nacionais de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Industrial (Senai-MT). A princípio será ofertado no município de Rondonópolis e a expectativa é expandir para outros municípios. Já estão previstas mais cinco turmas.

 

A ideia é suprir a demanda do agronegócio quanto a mão de obra qualificada nesta área de tecnologia. Devido às restrições por conta da pandemia do novo coronavírus, inicialmente as aulas ocorrerão de forma online.

 

O superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Paulicéia, acredita que a parceria trará bons resultados ao agronegócio e demais envolvidos. "É uma forma de estreitar os laços entre as instituições do Sistema S e uma oportunidade para que os jovens tenham acesso ao conhecimento de qualidade e de forma gratuita, contribuindo para a qualificação da mão de obra no campo".

 

Durante cerimônia, a diretora regional do Senai-MT, Lélia Brum, explicou aos alunos a relação entre os parceiros. "Vocês são alunos do Senar-MT e utilizarão a estrutura do Senai. São integrantes da primeira, de cinco turmas dessa parceria que é um ato histórico".

 

O curso é o meio para atendimento à Lei da Aprendizagem (nº 10.097/2000) no âmbito rural e o Senar é a instituição responsável para possibilitar a formação teórica/prática dos estudantes. A parceria com o Senai-MT se concretizou por meio de um Termo de Cooperação Técnica entre as instituições e possibilita mais oportunidades de formação para que os jovens atuem no campo em áreas como a automação industrial.

 

De acordo com o diretor de operação do Senar-MT, Carlos Augusto Zanata, mais conhecido como Guto Zanata, essa é uma demanda antiga do setor e a expectativa é supri-la por meio da qualificação dos aprendizes. "Com esta formação aumentaremos o número de profissionais capacitados no mercado, trazendo resultados positivos para o segmento".

 

A qualificação tem duração de dois anos e esta turma está prevista para ser concluída em maio de 2023. Os conteúdos programados mesclam parte teórica e prática. Os participantes aprenderão sobre informática aplicada, diagramas hidráulicos, circuitos microcontrolados, tecnologias da informação aplicadas à Indústria 4.0 e mais de 1.200 horas de prática profissional, que somadas à teoria compõem uma carga horária superior a 3.100 horas.

 

Público-alvo - O Programa de Aprendizagem Rural é destinado a jovens de até 24 anos que tenham concluído o ensino médio e sejam contratadas na modalidade de jovens aprendizes pelas propriedades rurais.

 

Dentre os alunos desta turma está Sérgio Junior, 17, que agradeceu a oportunidade. "Parabenizo a todos os meus colegas que também passaram no processo seletivo. Eu espero obter os melhores resultados possíveis para a minha vida profissional".

 

 

Estudante de gestão em agronegócio, Bruno Aparecido, 21, pretende melhorar a carreira. "Pra mim é uma oportunidade muito grande e vai ajudar ainda mais na minha profissão".

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO