Mato Grosso, 28 de Maio de 2024
Nacional / Internacional

Pesquisa aponta que emagrecimento expressivo sem intenção pode ser sinal de câncer

27.02.2024
10:50
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

    Foto: Reprodução

Cientistas descobrem que emagrecer muito rápido sem estar fazendo dieta pode ser sinal de câncer.

 

Isso porque a incidência da doença entre pessoas que perderam mais de 10% do peso corporal num período de dois anos foi 37% maior do que entre as que não emagreceram dessa forma num prazo de um ano.

 

A pesquisa foi realizada por especialistas na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Participaram do estudo 157 mil 474 profissionais de saúde com mais de 40 anos. O levantamento foi feito por cerca de 28 anos.

 

Os pesquisadores avaliaram as intenções dos voluntários quanto à perda de peso, que foram medidas pela prática de exercícios físicos e adesão a uma dieta de qualidade durante dois anos.

 

Ao analisar somente as pessoas que não pretendiam emagrecer, mas que acabaram perdendo 10% do peso no período de dois anos, a incidência de câncer foi 95% maior do que entre as que mantiveram o peso.

 

Já entre os participantes que perderam uns quilos de forma intencional o diagnóstico da doença foi 30% maior.

 

Segundo os especialistas, os resultados mostram que um emagrecimento expressivo, sem intenção, pode ser um sinal importante da presença de um tumor.

 

 

O tipo de câncer mais frequente entre os participantes do estudo foi o de trato gastrointestinal superior, que pode atingir esôfago, estômago, fígado, trato biliar ou pâncreas.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ENVIE SEU COMENTÁRIO