Mato Grosso, 12 de Agosto de 2022
Mato Grosso
Prefeitura protocola projeto de lei que trata da destinação da área para novo projeto habitacional
03.12.2021
09:21
FONTE: Ascom Prefeitura/Maíra Matos

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: ExpressoMT

    Foto: ExpressoMT

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz, e demais autoridades do Executivo e Legislativo protocolaram, nesta quinta-feira (02), o projeto de lei de transferência de terreno (alienação) da área onde será construído o novo projeto habitacional do município. 

 

O projeto visa a construção de 1.536 apartamentos. Após a análise e aprovação do projeto, será publicado o edital de Chamamento Público para a contratação da construtora que executará a obra. O procedimento seleciona as melhores propostas (garantindo o menor preço), com ampla divulgação, igualdade dos interessados e lisura ao processo de contratação direta por dispensa de licitação.

 

O prefeito explica que serão quatro condomínios com toda a infraestrutura de segurança e lazer. “O nosso plano de governo tem um foco muito grande na habitação. Faremos dentro do que for possível para que a moradia seja um dos pontos fortes aqui na nossa cidade, já que a taxa de crescimento segue acelerada e muito fora da média do Brasil, inclusive do estado de Mato Grosso”, reforça Miguel Vaz.

 

Na quarta-feira (01), o prefeito, secretários, equipe do Departamento de Habitação e Procuradoria Municipal, se reuniram com a Caixa Econômica Federal para esclarecerem dúvidas. A gestão estuda uma linha de crédito justa para os proprietários das futuras moradias e os critérios que serão adotados para entender as faixas de crédito que os mutuários poderão se encaixar. Além disso, discutiram a necessidade de realizar um chamamento público neste mês de dezembro.

 

“Nós percorremos todas as ruas da cidade, visitamos as empresas, conversamos com as famílias e os trabalhadores, então isso está muito vivo na nossa memória, a necessidade de habitação em Lucas do Rio Verde. Sabemos que o crescimento de Lucas não acontecerá se não oferecermos moradia aos trabalhadores e nós temos que fazer um trabalho muito forte nisso”, saliente o vice-prefeito Marcio Pandolfi. 

 

 

“Recebemos a luzinha verde da Caixa Econômica para que mais moradias cheguem ao cidadão. Nós estamos aqui através do voto, nós temos que honrar esse voto trabalhando para aqueles que mais precisam. Isso aqui é uma demanda que seriam construídas 300 casas, hoje passam a ser mais de 1.500 apartamentos, então é esse o nosso compromisso que é viabilizar para aquelas pessoas que mais precisam”, explica o presidente da Câmara, vereador Daltro Figur. 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO