Mato Grosso, 24 de Janeiro de 2021
Mato Grosso
PRF trabalha forte no combate à embriaguez ao volante
11.01.2021
16:25
FONTE: Secom PRF MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • 029b98a1_ccb2_4b68_946f_538b046283f1

No dia 08 de janeiro (sexta-feira) foi realizada ação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar (Força Tática), nas cidades de Peixoto de Azevedo, Matupá e Guarantã do Norte. A operação denominada Lei Seca teve como objetivo a fiscalização na rodovia federal BR-163 em locais onde há grande fluxo de pessoas.

 

O foco principal da operação é conscientizar os motoristas sobre os riscos de dirigir após a ingestão de bebidas alcoólicas, assim como, fiscalizar os condutores realizando teste de etilômetro, que não é obrigatório, porém, ao ser negado, o condutor estará sujeito as mesmas sanções como se tivesse feito exame e o resultado desse positivo.

 

A ação integrada das forças de segurança pública é fundamental para eficiência das ações realizadas, pois aproximam mais os policiais criando um fluxo de informações e interações que possibilitam maior eficiência na missão de promover a segurança pública em nosso estado.

 

O nome da operação – Lei seca - faz referência a Lei 11.705 aprovada em 2008, conhecida por reduzir a tolerância no nível de álcool no sangue dos condutores.

 

Os números da operação foram: 

Guarantã do Norte

07 Pessoas Conduzidas

05 Veículos recolhidos

10 Autos de infração

01 CRLV Recolhido

 

Matupá

08 Pessoas Conduzidas

02 Veículos recolhidos

09 Autos de infração

 

Peixoto de Azevedo

06 Pessoas Conduzidas

05 Veículos recolhidos

07 Autos de infração

03 CRLVs Recolhidos

 

Também no dia 8 de janeiro, agora no município de Cuiabá, a PRF realizou mais uma etapa da operação Rodovida, que tem como principais objetivos reduzir a violência no trânsito e os custos sociais que decorrem dela.

 

Nessa operação os policiais desenvolvem ações nos trechos mais críticos de acidentalidade, realizando atividades de prevenção de acidentes e fiscalização de trânsito.

 

Ultrapassagem indevida, embriaguez ao volante, não utilização do cinto de segurança, transporte inadequado de crianças, falta de uso do capacete, excesso de velocidade e utilização do telefone celular durante a condução de veículos são as principais infrações que a PRF objetiva coibir com a realização dessa operação.

 

Na sexta-feira o foco foi especificamente o combate à embriaguez ao volante. Os policiais fizeram um ponto de fiscalização no km 403 da BR-163 e em apenas duas horas de operação, cinco condutores foram presos por estar com alto índice de álcool no sangue. Esse fato chamou a atenção dos policiais causando bastante preocupação.

 

Estudos apontam que qualquer quantidade de álcool, a menor que seja, influi de maneira negativa no comportamento do condutor ao volante. Dados informam que aproximadamente ¼ das mortes ocorridas no trânsito tiveram a participação de pessoas que fizeram o uso de álcool.

 

Precisamos unir esforços para conscientizar os motoristas quanto ao perigo da combinação bebida alcoólica e direção. A PRF trabalha pra fazer sua parte por meio de rigorosa fiscalização e também com campanhas educativas visando à transformação do comportamento dos motoristas nas vias públicas.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO