Mato Grosso, 28 de Janeiro de 2022
Política
Publicada a lei que obriga a distribuição de absorventes para alunas de escolas públicas
17.12.2021
09:11
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Assessoria

    Foto: Assessoria

Foi publicado nesta semana, no Diário Oficial do Estado, a lei que autoriza a distribuição de absorventes higiênicos nas escolas públicas de Mato Grosso. 

 

O projeto tinha sido aprovado em junho deste ano, mas foi vetado pelo governador, sob a alegação de que a medida criava despesas e o Estado não teria previsão de orçamento para estes gastos.

 

Mas, no fim do mês passado, a Assembleia Legislativa derrubou o veto de Mauro Mendes ao projeto de lei, e agora o Governo do Estado terá que garantir a distribuição gratuita de absorventes higiênicos para meninas de baixa renda nas escolas públicas de Mato Grosso e nos postos de saúde.  

 

A deputada Janaina Riva, do MDB, coautora do projeto de combate a ‘pobreza menstrual’, juntamente com o falecido deputado Sílvio Fávero, comemorou a publicação da lei.

 

"Muitas meninas deixam de ir à escola por vergonha e medo de vazamentos e por não terem dinheiro pra comprar absorventes", lembrou Janaina.

 

Já o deputado Dr. João, também do MDB, destacou que a falta de absorventes é uma questão de saúde pública, pois garotas que não têm acesso à higiene menstrual podem desenvolver problemas renais no futuro.

 

O projeto prevê a criação de um Programa de Fornecimento de Absorventes Higiênicos nas escolas públicas estaduais.

 

A iniciativa visa possibilitar o acesso das estudantes aos absorventes, prevenindo o risco de doenças.

 

 

A distribuição gratuita de absorventes higiênicos será por meio de cotas mensais a cada estudante, disponibilizadas pelas escolas estaduais e postos de saúde.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO