Mato Grosso, 27 de Outubro de 2020
Esportes
Real Madrid vence Atlético nos pênaltis e leva o título da Supercopa da Espanha
13.01.2020
09:38
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Real Madrid vence Atlético nos pênaltis e leva o título da Supercopa da Espanha

    Valverde é expulso, mas evita gol de Morata aos 114' Fonte: Globoesporte

Resumão

Mais uma decisão entre Real Madrid e Atlético decidida nos detalhes. Desta vez numa Supercopa da Espanha inovadora, com formato de Final Four e disputada na Arábia Saudita no meio da temporada. Mas o final foi o mesmo: título merengue com vitória nos pênaltis (4 a 1) após empate por 0 a 0 nos 120 minutos, neste domingo, em Jidá. Saúl (trave) e Thomas (Courtois) desperdiçaram suas cobranças, enquanto Carvajal, Rodrygo, Modric e Sergio Ramos deram o troféu ao time de Zinedine Zidane.

 

10º TROFÉU PARA ZIDANE

O Real Madrid exerce novamente a sua grandeza e se aproxima do Barcelona como maior campeão da Supercopa. Agora são 11 títulos contra 13 dos catalães - o Atlético permanece apenas com duas conquistas. Zinedine Zidane, que ganhou o seu primeiro troféu em sua segunda passagem como treinador, também chegou aos 10 no total. Segue sem perder qualquer final (em nove oportunidades) e persegue Miguel Muñoz, o maior campeão, com 14.

 

O LANCE DO JOGO

Aos nove minutos do segundo tempo da prorrogação o Atlético esteve talvez a alguns metros do gol da vitória. Morata arrancou após receber ainda no seu campo e só foi parado por um carrinho violento de Valverde, por trás. O uruguaio trocou o que poderia ser a certeza pela esperança. Foi para o vestário mais cedo, mas o Real Madrid se segurou para levar para os pênaltis. Valverde, inclusive, foi eleito o melhor jogador da final.

 

O TERROR DO ATLETI

Coube a Sergio Ramos bater o pênalti decisivo e selar mais uma vitória no dérbi de Madri. O histórico mostra que o zagueiro e ícone merengue é um carrasco daqueles na vida do Atlético de Simeone. Marcou em duas finais de Champions (2014 e 2016) e também na Supercopa da Europa de 2018 - esta vencida pelos colchoneros.

 

PERSONALIDADE

Rodrygo foi o primeiro substituto do Real Madrid a entrar em campo. E o segundo batedor escolhido por Zidane para a disputa de pênaltis. A cobrança pode ter assustado alguns pela altura, mas a precisão merece todos os parabéns. Bola no alto, no ângulo esquerdo de Oblak, absolutamente indefensável. Frieza para o ex-jogador do Santos, campeão pela primeira vez no novo clube - Vinicius Junior, que entrou na prorrogação, já havia vencido o Mundial de Clubes em 2018.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO