Mato Grosso, 27 de Julho de 2021
Economia / Agronegócio
Safra de grãos deve bater novo recorde com mais de 258 milhões de toneladas
09.07.2021
09:55
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução gov.br

    Foto: Reprodução gov.br

A safra brasileira de grãos, cereais e leguminosas deve alcançar o recorde de 258 milhões de toneladas em 2021, segundo a estimativa de junho do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgada nesta quinta-feira, pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Pelo terceiro mês consecutivo, há queda na estimativa mensal.

 

Apesar dessa retração em relação à estimativa de maio, a produção deste ano deve ser 1,7% maior que a de 2020, que alcançou 254 milhões de toneladas.

 

Segundo o IBGE, houve queda de 1,6% em relação à última estimativa, o que representa quatro milhões e 200 mil toneladas a menos.

 

Assim como nos dois meses anteriores, a diminuição se deve, principalmente, ao declínio na segunda safra do milho.

 

De acordo com o analista da pesquisa, Carlos Barradas, a retração é explicada pela redução da janela de plantio do grão e pela falta de chuva em alguns estados produtores, como Goiás, Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso do Sul.

 

Conforme o levantamento, a segunda safra representa 72,8% da produção do milho.

 

O Centro-Oeste, que responde por 45,1% da produção nacional de grãos, leguminosas e oleaginosas, deve ter queda de 4,3% em sua produção.

 

 

Entre os estados, Mato Grosso lidera, com uma participação de 27,4% na produção total do país, seguido pelo Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, que, somados, representaram 80% do total nacional.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO