Mato Grosso, 26 de Fevereiro de 2021
Esportes
São Paulo e Ceará balançam a rede nos acréscimos e ficam no empate
11.02.2021
09:59
FONTE: Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • whatsapp_image_2021_02_10_at_23_22_11

Com dois gols nos minutos finais dos acréscimos do segundo tempo, São Paulo e Ceará ficaram no empate por 1 a 1 no Morumbi, na capital paulista, pela 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado desta quarta-feira (10) não atende à expectativa das equipes. Especialmente à do Tricolor, que perdeu a chance de encostar novamente na briga pelo título e chegou a sete jogos sem vencer pela competição nacional.

 

Herói da conquista da Copa São Paulo de Juniores em 2010 vestindo a camisa são-paulina ao lado de craques como o volante Casemiro e o meia Lucas Moura, Richard fez valer a lei do ex dos goleiros com grandes defesas no Morumbi. Do lado tricolor, o destaque foi a postura nos 45 minutos iniciais, com alta intensidade, diferentemente do que se via nas últimas partidas. Foi o primeiro duelo da equipe desde a saída do técnico Fernando Diniz. O time foi dirigido pelo interino Marcos Vizolli.

 

Com 59 pontos, o São Paulo permanece em quarto lugar, sete pontos atrás do líder Internacional, na zona de classificação à fase de grupos da Libertadores. O Ceará, por sua vez, foi a 46 pontos, na 12ª posição, a três do Corinthians, oitavo colocado e time que ocupa a última vaga via Brasileirão à próxima edição da competição sul-americana de 2021.

 

Em oito minutos de bola rolando, Richard mostrou que seria protagonista. Foram quatro boas defesas em tentativas dos meias Daniel Alves e Igor Gomes e dos atacantes Luciano e Pablo. Ele ainda apareceu mais duas vezes no primeiro tempo. Aos 26 minutos, evitou o gol de Pablo após bobeira do zagueiro Tiago. Aos 28, o camisa 91 do Ceará efetuou outra grande intervenção em cabeçada de Luciano. No rebote, o volante Tchê Tchê balançou as redes, mas, em posição de impedimento. O lance foi invalidado com auxílio do árbitro de vídeo (VAR).

 

O São Paulo tentou manter a postura agressiva no início do segundo tempo, mas pecou na pontaria. Aos poucos, o Tricolor perdeu força e o Ceará equilibrou as ações, ainda que sem criar lances de grande perigo. O duelo se arrastava para o apito final quando, nos acréscimos, tudo mudou. Aos 49 minutos, o goleiro Tiago Volpi se enrolou com a bola recuada pelo volante Luan e o atacante Léo Chu aproveitou para colocar o Vozão à frente. Só que aos 51, na sequência de um bate-rebate, Luciano, enfim, venceu Richard e evitou a derrota são-paulina.

 

 

O Tricolor volta a campo no domingo (14), às 20h30 (horário de Brasília), contra o Grêmio, na arena do time gaúcho, em Porto Alegre. O Ceará joga na segunda-feira (15) diante do Fluminense, às 18h, na Arena Castelão, em Fortaleza. As partidas valem pela 36ª rodada do Brasileirão.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO