Mato Grosso, 06 de Agosto de 2020
Esportes
Semifinais, título do interior, Série D e Copa do Brasil: o que vale a última rodada do Gauchão
29.07.2020
09:45
FONTE: GloboEsporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Semifinais, título do interior, Série D e Copa do Brasil: o que vale a última rodada do Gauchão

    Taça que será entregue ao campeão do segundo turno do Gauchão — Foto: Lucas Bubols

A última rodada do Campeonato Gaúcho reserva emoções, mesmo que sem rebaixamento por conta dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Sete dos 10 clubes do interior disputam entre si classificação às semifinais do segundo turno e também vagas em competições nacionais para 2021, como a Série D e a Copa do Brasil.

 

Todos os jogos da 6ª e última rodada ocorrem nesta quarta-feira, às 15h. O ge acompanha todas as partidas em Tempo Real. Confira abaixo os confrontos e a situação de cada equipe:

 

Novo Hamburgo x Grêmio - Arena Alviazul, em Lajeado

Inter x Aimoré - CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada

Pelotas x São José - CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul

São Luiz x Brasil de Pelotas - Arena Cruzeiro, em Cachoeirinha

Ypiranga x Caxias - Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves

Juventude x Esportivo - Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul

 

Apenas o Grêmio está classificado antecipadamente às semifinais do turno - a depender ainda da posição. Outros oito times brigam pelas três vagas restantes.

 

Estão eliminados: Ypiranga, Aimoré e São José. O Índio Capilé pode empatar em pontos com o segundo colocado no Grupo B, mas fica atrás no número de vitórias, primeiro critério de desempate.

 

Grupo A

Cinco dos seis times podem avançar. Com oito pontos, o líder Inter se classifica em primeiro com uma vitória simples sobre o Aimoré. Se empatar ou perder, torce para que Novo Hamburgo ou Juventude não vençam seus jogos. Caso contrário, será eliminado.

 

Em segundo com sete pontos, o Novo Hamburgo avança se vencer o Grêmio e pode ficar em primeiro caso o Inter tropece. Se perder ou empatar, pode ser ultrapassado por Juventude e São Luiz.

 

Em terceiro, também com sete pontos, o Juventude passa de fase se vencer o Esportivo e Novo Hamburgo ou Inter tropeçarem. Também pode avançar com empate. Para isso, precisa que o Noia perca para o Grêmio.

 

O São Luiz, quarto colocado com quatro pontos, tem a vida mais difícil. Precisa vencer o Brasil e ainda tirar a diferença no saldo de gols (-2) para Juventude (-1) e Novo Hamburgo (0), que terão necessariamente de perder seus jogos.

 

O Pelotas, último colocado com apenas um ponto, também pode se classificar. É obrigado a vencer o São José e o clássico Bra-Pel, adiado e ainda sem data para ocorrer. Além disso, precisa que Novo Hamburgo, Juventude e São Luiz percam seus jogos.

 

Grupo B

Das seis equipes, duas estão fora e o Grêmio já está classificado. O Caxias, vice-líder com 10 pontos, só fica sem a vaga se tropeçar diante do Ypiranga e o Esportivo vencer.

 

Terceiro colocado com oito pontos, o Esportivo avança se vencer o Juventude e o Caxias, no máximo, empatar. Neste caso, precisaria tirar dois gols de diferença no saldo.

 

O lanterna Brasil, com quatro pontos, precisa de algumas combinações para se classificar. É obrigado a vencer o São Luiz e o Bra-Pel, adiado e ainda sem data. Ainda, necessita que o Esportivo não some três pontos e o Caxias perca. Também teria de tirar quatro gols de saldo do time grená.

 

Vaga na Copa do Brasil

O Gauchão concede três vagas para a Copa do Brasil: campeão, vice e 3º colocado geral (soma dos pontos dos jogos classificatórios, sem contar mata-matas). Como o Caxias está classificado à finalíssima por vencer o primeiro turno, já tem vaga assegurada para a competição de 2021.

 

Se a dupla Gre-Nal estiver na próxima Libertadores, entra diretamente nas oitavas da Copa do Brasil do ano que vem, e abre duas vagas da classificação geral do Estadual.

 

Vaga na Série D

O Gauchão concede vagas aos dois melhores colocados no geral. Porém, há exceções, como os clubes que já disputam alguma das três primeiras divisões do Brasileirão.

 

Caxias, São Luiz e Pelotas, que estarão na Série D deste ano, não têm classificação assegurada para a competição de 2021.

 

Pela campanha geral do Gauchão, neste momento as vagas seriam de Caxias (20 pontos) e Esportivo (16 pontos), atuais terceiro e quarto colocados.

 

Porém, o Grená não pode ser mais alcançado pela pontuação total e garante um posto na Série D em 2021. O Aimoré (13 pontos) faz a briga direta com o time de Bento Gonçalves.

 

Título do interior

A taça simbólica será concedida ao clube que obtiver a melhor pontuação nas fases eliminatórias da competição, exceto a dupla Gre-Nal, o campeão e o vice estadual.

 

Como venceu o primeiro turno, o Caxias será, no mínimo, segundo colocado do Gauchão. Ou seja, o Grená não disputa mais o título do interior. Hoje, a taça ficaria com o Esportivo, quarto colocado geral, atrás do próprio Caxias, Inter e Grêmio.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO