Mato Grosso, 09 de Julho de 2020
Esportes
Técnico do Bayern se recusa a falar em título do Alemão: "Não sou de fazer projeções"
27.05.2020
10:10
FONTE: GloboEsporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Técnico do Bayern se recusa a falar em título do Alemão: "Não sou de fazer projeções"

    Hansi Flick ajeita o relógio durante o clássico do Bayern contra o Borussia — Foto: Reuters

O Bayern de Munique venceu o Borussia Dortmund nesta terça-feira, fora de casa. A vitória por 1 a 0 logo sobre o segundo colocado do Campeonato Alemão ampliou a vantagem do líder para sete pontos (64 a 57), faltando agora seis rodadas para o fim da competição. Apesar desse cenário, o técnico Hansi Flick se recusa a comentar sobre a probabilidade de título da Bundesliga.

 

- Eu não sou um técnico que faz muitas projeções. É verdade que é ótimo estar com sete pontos de vantagem (em relação ao Borussia Dortmund). Mas antes da pausa de inverno (fim do ano), nós estávamos quatro pontos atrás. Nós conseguimos vencer os nossos jogos neste ano (2020) jogando um futebol muito bonito. Nós encaramos cada partida da mesma forma. Nós poderemos falar de título depois, mas agora, eu não vou - comentou Hansi Flick, em entrevista coletiva.

 

Com a vitória sobre o Borussia Dortmund, o Bayern de Munique segue invicto em jogos oficiais neste ano, com 12 vitórias e um empate. Seus próximos compromissos pelo Campeonato Alemão são contra: Fortuna Düsseldorf, Bayer Leverkusen, Borussia Mönchengladbach, Werder Bremen, Freiburg e Wolfsburg.

 

Desde que assumiu o comando do Bayern de Munique, em novembro do ano passado - justamente em outro clássico contra o Borussia Dortmund, vencido por 4 a 0 -, o técnico Hansi Flick obteve 15 vitórias em 18 jogos pela Bundesliga (duas derrotas e um empate). Foram 56 gols marcados e 12 sofridos. Uma campanha que ganhou nesta terça mais uma demonstração de força, com o triunfo sobre o vice-líder do Campeonato Alemão.

 

- Demos um grande passo. Nós estivemos muito focados, muito resolutos, e determinados, totalmente alertas e resistentes. Todo mundo indo atrás da bola, pressionando o adversário. Isso é ainda mais importante contra um time como o Dortmund. Estou muito feliz com isso, isso tem que ser elogiado - analisou o treinador.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO