Mato Grosso, 13 de Junho de 2024
Economia / Agronegócio

Teto de isenção do IR sobe e 15,8 milhões de trabalhadores não pagarão o imposto

08.02.2024
10:35
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Agência Brasil

    Foto: Agência Brasil

Agora é oficial: contribuinte que ganha até dois salários mínimos por mês não vai pagar imposto de renda.

 

Medida Provisória que isenta da taxação ganhos mensais de até R$ 2.824 foi publicada em edição extra Diário Oficial da União desta terça-feira.

 

Antes, o teto de isenção estava em R$ 2.640, valor que correspondia ao valor de salários mínimos no ano passado.

 

Como o piso nacional aumentou para R$ 1.412, trabalhadores que estavam isentos passaram a ser taxados.

 

De acordo com o governo, com o ajuste no valor do teto, 15,8 milhões trabalhadores ficam isentos do Imposto de Renda a partir de agora.

 

Segundo o Ministério da Fazenda, os trabalhadores que recebem até R$ 2.824 mensais serão beneficiados devido ao desconto simplificado, no valor de R$ 564,80.

 

Esse desconto é opcional, e aqueles que recebem descontos maiores, como o previdenciário, por exemplo, não serão prejudicados.

 

Vale lembrar que, além dos isentar aqueles que ganham até dois salários mínimos, a medida beneficia quem recebe valores maiores, já que a cobrança do Imposto de Renda é progressiva, ou seja, a parte do salário de todo trabalhador que corresponde ao teto de isenção fica livre de taxação.

 

 

A Medida Provisória tem validade assim que é publicada, mas o texto deve ser analisado em até 120 dias pelo Congresso Nacional para não perder a validade.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ENVIE SEU COMENTÁRIO