Mato Grosso, 15 de Junho de 2021
Economia
5 dicas essenciais para manter suas economias na crise
24.05.2021
FONTE: Vitor Gonçalves

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Divulgação

Manter as economias em dia já não é uma tarefa fácil em tempos normais. E em um contexto de crise financeira tudo se intensifica e esse desafio se torna ainda maior.

Os impactos da pandemia do Coronavírus afetaram não só a saúde como também a economia, deixando a taxa de desemprego em 13% e o Brasil com menos 9 milhões de postos de trabalho em 3 meses.

Esses foram dados do IBGE em agosto de 2020. E hoje a taxa de desemprego já soma 14,4%, ou seja, mais de 14 milhões de pessoas desempregadas com dificuldades em manter suas economias e sobreviver à crise.

Tudo isso evidencia a importância de cuidar das finanças de forma redobrada, para evitar situações desagradáveis e poder passar por essa crise da melhor forma possível. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas importantes para você manter a economia em dia e manter o saldo positivo.

1-Faça um planejamento

O primeiro passo é fazer um bom planejamento por meio de um orçamento bem elaborado, contabilizar todo o dinheiro que entra e todo o dinheiro que sai. 

Ter um planejamento é essencial para poupar dinheiro e evitar gastos desnecessários, pois com uma meta estipulada tudo fica mais fácil.

Para fazer um planejamento adequado, é muito importante começar pelo orçamento mensal, registrando todos os seus gastos sem exceções. 

Gastos com alimentação, restaurantes, transporte, lazer, aluguel, condomínio, serviços essenciais e todos os outros itens que você consome mensalmente.

Em seguida, contabilize toda a sua renda e os lucros mensais, a fim de estabelecer uma meta e um limite de gastos por mês. Assim, com um planejamento de gastos já traçado, todo o restante fica mais fácil e você consegue ter mais controle financeiro e autonomia sobre seu próprio dinheiro durante a crise.

Além disso, o planejamento pode ser o pontapé inicial para traçar metas a longo prazo e conseguir alcançar seus objetivos com mais tranquilidade e segurança até mesmo em meio a uma crise financeira.

Para quem possui dificuldade em organizar os gastos, há inúmeras opções de aplicativos que podem te ajudar nesse processo e facilitar o trabalho na hora de registrar todos os dados. Dentre eles estão o app Organizze e o Guiabolso, ambos gratuitos e disponíveis para Android e iOS.

2-Reduza os custos e corte os gastos

Tempos de crise são momentos de gastar o menos possível e reduzir ao máximo os custos mensais, tudo que não é essencial deve ser deixado para segundo plano.

Desde serviços de streaming que não são utilizados com frequência, viagens e todo o restante que não irá interferir na funcionalidade da sua vida de forma significativa. Uma dica é fazer listas de prioridades e destacar os itens essenciais em ordem de relevância no momento.

Dessa forma, você consegue ter uma perspectiva mais ampla do que é realmente necessário e até mesmo negociar itens que acreditava serem essenciais. Definir prioridades é muito importante para sobreviver a situações de crise e requer disciplina.

Sobretudo, é importante sempre lembrar que alguns pequenos sacrifícios são transitórios e poderão retornar assim que a situação financeira se estabilizar. Ter tudo isso em mente pode ajudar na determinação durante o processo e manter-se mais tranquilo durante o processo.

3-Cuidado com os cartões de crédito

A praticidade e facilidade dos cartões de crédito muitas vezes podem atrapalhar no planejamento mensal e fazer com que você crie mais dívidas. 

Por ser uma forma completamente acessível de realizar compras, o cartão de crédito muitas vezes se torna o grande vilão das economias e pode causar vários problemas futuros.

Em tempos de crise, onde falta dinheiro, muitas pessoas acabam cedendo às vontades momentâneas e gastando no crédito. Quantas vezes você já acumulou compras no cartão e levou um susto quando chegou a fatura? 

Saiba que isso é mais comum do que você imagina, mas pode ser evitado. Uma dica simples é evitar sair com o cartão de crédito para lugares que você sabe que poderá ceder ao consumo, como shoppings, lojas e outros estabelecimentos. 

Além disso, é preciso ter cautela com as compras parceladas, pois juntamente com os outros gastos mensais elas podem prejudicar todo o seu planejamento mensal e dificultar ainda mais a sua situação financeira durante a crise.

4-Renegocie as dívidas

Muitas vezes as dívidas são os elementos que prejudicam todo o planejamento financeiro e o principal obstáculo para manter as economias em dia. O primeiro passo é listar e contabilizar todas as dívidas existentes e quais as formas possíveis de pagamento.

Faça uma lista detalhada, especifique quais são as mais antigas e com maiores juros acumulados. Uma dica é renegociar dívidas que estão fora do seu orçamento mensal e procurar alternativas dentro das suas possibilidades.

Em tempos de crise como a pandemia do Coronavírus, o processo de renegociação de dívidas pode ser ainda mais flexível, devido às circunstâncias negativas que prejudicam a todos.

Essa é uma forma de quitar suas dívidas a curto prazo e reduzir os juros que são acumulados mensalmente, favorecendo o seu orçamento. 

Entre em contato com o seu credor e procure relatar da melhor forma sobre sua situação atual e quais são as condições possíveis de pagamento dentro da sua realidade.

5-Procure fazer uma renda extra

Uma dica importante é procurar alternativas para aumentar a sua renda mensal e conseguir passar por esse momento crítico com mais tranquilidade. As possibilidades de garantir uma renda extra são inúmeras e devem contemplar as suas habilidades.

A internet se tornou um dos ambientes mais promissores para quem busca aumentar os ganhos mensais e criar um negócio próprio. 

Com um alcance expressivo de pessoas, as redes sociais se tornaram a principal plataforma para divulgar produtos, lojas virtuais ou qualquer empreendimento novo.

As lojas virtuais são opções de baixo custo para quem deseja investir em um novo negócio e buscar novas formas de ganhar dinheiro. Hoje em dia os serviços para estruturar um e-commerce são cada vez mais acessíveis e isso facilita todo o processo.

Para criar uma loja virtual você precisa primeiramente registrar um domínio e contratar um bom serviço de hospedagem. 

Uma dica importante é investir em um servidor vps, pois ele irá garantir maior segurança para sua loja virtual principalmente no processo de pagamento online.

O servidor vps significa Servidor Virtual Privado e é uma das hospedagens mais populares para quem possui loja virtual e preza pela segurança dos dados. 

Há algumas opções de planos de servidor vps que atendem demandas diferentes, por isso é importante estar atento aos detalhes e escolher a que melhor se adapta ao que você precisa.

Para quem está com saldo negativo, as redes sociais também podem ser uma boa opção de e-commerce. Isso porque até mesmo para criar uma loja virtual e investir em serviços como hospedagem, servidor vps e domínio é preciso de algum investimento inicial.

O Instagram é um canal com ferramentas para venda e totalmente gratuito, pois nele você também consegue vender produtos ou até mesmo desapegar de itens que você já possui e não utiliza. Usar a criatividade nesses momentos é fundamental.

Conclusão

Sobreviver a tempos de crise financeira não é uma tarefa fácil, porém é totalmente possível. Ao contrário do que muitos pensam, manter as economias em dia é um processo diário, por meio de pequenos detalhes e atitudes do dia a dia.

Entender sobre o assunto e buscar aprender sobre educação financeira também é muito importante para passar por esse processo da melhor forma e manter a gestão financeira em dia.

Além de todas essas dicas essenciais para manter suas economias durante a crise, há diversos outros conteúdos informativos na internet disponíveis para quem tem dificuldade no assunto e está passando por momentos críticos em relação às finanças.

Esteja atento às oportunidades de renda extra, busque se informar sobre as alternativas disponíveis e não se esqueça de atualizar sempre o seu planejamento mensal. 

 

Além de todas essas dicas essenciais para manter suas economias durante a crise, há diversos outros conteúdos informativos na internet disponíveis para quem tem dificuldade no assunto e está passando por momentos críticos em relação às finanças.

Esteja atento às oportunidades de renda extra, busque se informar sobre as alternativas disponíveis e não se esqueça de atualizar sempre o seu planejamento mensal.

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

ARTIGOS RELACIONADOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO