Mato Grosso, 30 de Setembro de 2020
Esportes
Análise: Sampaoli exagera na criatividade, Atlético-MG mostra desgaste, mas vitória é essencial
14.09.2020
09:19
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Análise: Sampaoli exagera na criatividade, Atlético-MG mostra desgaste, mas vitória é essencial

    Atlético-MG x Bragantino — Foto: Divulgação/Mineirão

Dos camarotes do Mineirão, Sampaoli surpreendeu de uma forma nunca antes imaginada no Atlético-MG. Contra o Bragantino, trouxe o esquecido lateral-direito Maílton ao time titular, variando em até três esquemas táticos no primeiro tempo. Apesar de o improvisado ponta ter sido a arma mais produtiva do ataque, o time não estava em inspiração ofensiva. No segundo tempo, foi preciso ser mais conservador para o Galo achar a vitória por 2 a 1, se livrar de um resultado muito ruim e aproveitar a rodada para atingir a vice-liderança.

 

No início de jogo, o Atlético adotava uma espécie de 4-3-3 mais tradicional, com Guga e Junior Alonso nas duas laterais, Alan Franco recuado para o meio de campo, no lado direito de Allan, que tinha Guilherme Arana como "lateral interno". Com a bola, Arana virava ponta-esquerda aberto, Guga ocupava seu lugar de "interno", Maílton sempre muito aberto na direita, com Sasha recebendo as infiltrações de Savarino, pela esquerda, e Alan Franco, pela direita.

 

O jogo se concentrava de um lado na força de Arana-Savarino, o que culminava numa maior atenção da zaga do Bragantino. Isso liberou Maílton a chegar na área do Massa Bruta três vezes. Em duas delas, fez boas jogadas, obrigando Julio César a defesa à queima-roupa, e depois em bom cruzamento para Savarino, que a zaga tirou.

 

O Galo pouco atacou e, ainda que tivesse o controle da bola, não assustou tanto. Arana cruzou perfeitamente o escanteio para Réver subir alto e cabecear, fazendo o primeiro gol alvinegro. A zaga do Atlético estava bem postada, ainda que Guga não fosse tão sólido na marcação. Grande partida de Allan, responsável por cobrir o meio de campo, sem ter Jair como auxiliar. Alan Franco bem apagado, sua falta de eficiência foi fundamental para o Atlético não ter sido agressivo.

 

Além da parte técnica, a questão física parecia estar debilitada. O Atlético completou a sétima semana seguida após o retorno dos jogos atuando sem parar, na famosa agenda "quarta-domingo".

O Atlético sofreu o gol em boa jogada de Artur, que tocou para Lucas Evangelista acertar o travessão. No salto de Everson, por azar, a bola bateu nas costas do goleiro, e sobrou limpa para Alerrandro. O Galo acionou Keno, para ser o ponta-esquerda, no lugar de Maílton. Uma mudança que surtiu efeitos.

 

Mas Sampaoli errou, ainda que seja um treinador diferente de todos, com uma criatividade ilimitada. Errou, não pela entrada de Maílton, que não foi um "cemitério de jogadas". Porém, por não ter tido mais posse de bola pelo meio, com a equipe exagerando nos lançamentos aos pontas, e pouca presença na área adversária, em noite ruim de Eduardo Sasha, que ainda errou pênalti e quase complicou o Atlético.

 

Na reta final, Keno, que havia ficado marcado nos últimos jogos por não conseguir dar prosseguimento às jogadas individuais, colocou na frente e cruzou no segundo poste, perfeito para Savarino marcar e Julio César só defender a bola dentro do gol. O Galo terminou o jogo com apenas três substituições, e com Marrony e Marquinhos no banco, sendo que Marrony poderia ter sido testado como ponta, algo que ele só fez nos primeiros 15 minutos contra o Santos, "sacrificado" quando Rafael foi expulso.

 

Uma vitória fundamental ao Galo, que garante os 18 pontos em nove jogos, ou seja, aproveitamento de 2/3 dos pontos, o mesmo do líder Internacional, mas com uma partida a menos do que os rivais (aquela contra o Athletico-PR). Inter perdeu, São Paulo empatou, Flamengo perdeu, Palmeiras empatou. Tudo isso antes da semana da volta da Libertadores, onde os rivais de G-4 do Galo estão envolvidos, à exceção do Vasco, em boa campanha com Ramon Menezes, e que venceu o Botafogo para se infiltrar na quarta colocação.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO