Mato Grosso, 03 de Julho de 2022
Economia / Agronegócio
Começou esta semana e prossegue até 15 de setembro o vazio sanitário da soja
17.06.2022
09:50
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Agência Brasil

    Foto: Agência Brasil

O vazio sanitário da soja começou na última quarta-feira, 15 de junho e segue até o dia 15 de setembro, em Mato Grosso.

 

Neste período fica proibida a presença de plantas vivas de soja e também o cultivo da cultura no Estado.

 

A medida é uma estratégia de manejo da doença para o controle da ferrugem asiática da soja.  

 

A gerente de Defesa Agrícola da Aprosoja, Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso, Jerusa Rech, afirmou que esse período é importante para o setor, uma vez que 90 dias são suficientes para evitar a contaminação e proteger as lavouras da ferrugem asiática, doença que causa muitos prejuízos.

 

Jerusa explicou que o período do vazio é a principal medida fitossanitária na prevenção da ferrugem asiática da soja e a medida tem como objetivo reduzir a sobrevivência do fungo causador da doença no período da entressafra.

 

Quem desrespeitar o período pode ser autuado ou multado.

 

A multa para quem descumprir a medida é de 30 UPFs, Unidade Padrão Fiscal, mais duas UPFs por hectare de planta não eliminada.

 

 

O valor de cada UPF em Mato Grosso, no último mês de maio, era de 217 reais e 72 centavos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO