Mato Grosso, 28 de Setembro de 2020
Economia / Agronegócio
DILMA: Indústria tem que reproduzir experiência de nossa agropecuária
22.11.2012
11:07
FONTE: Sou Agro

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Presidenta Dilma Rousseff

Combinação - Ao discursar no seminário “O Brasil no Caminho do Crescimento”, organizado pelos jornais “Valor Econômico” [Brasil] e “El País” [Espanha], Dilma destacou que o êxito do agro brasileiro se deve à combinação de condições naturais do País, com a eficiência do trabalho, descobertas tecnológicas, da ciência, inovação e as oportunidades “que uns centros de educação nesta área ofereciam”.

Etanol - A presidente assinalou ainda que acredita numa retomada de investimentos no setor de etanol. “Por quê? Porque vai amadurecer e vai melhorar a competitividade entre nós, porque nós, mesmo com a produção ainda não renovada, ainda somos mais competitivos nessa área do que qualquer outro país. Mas vai renovar, dentro do Brasil, essa competitividade, o que vai melhorar a relação de preço etanol-gasolina”, afirmou.

Produtividade - Segundo Dilma, o Brasil tem uma grande e competitiva produção de etanol, tanto na “altíssima produtividade na área de cana-de-açúcar, quanto também uma ótima produtividade na área da indústria do etanol”. Todavia, de acordo com a presidente, o setor teve um impacto pela crise.

Investimento - “Nós estávamos com um nível de investimento bastante alto, em 2008/09. A grande maioria dos investidores tinha feito planos de investimento e alguns deles tinham começado seus planos de investimento quando houve todo o problema da crise e do choque de crédito naquela oportunidade. Além disso, e devido a isso, houve, naquele período, um baixo investimento na produção das lavouras de cana”, lembrou.

Política clara - Agora, pontuou Dilma, há uma política bem clara, desde o ano passado, e de incentivo à renovação das nossas lavouras [de cana]. Segundo a presidente, o governo brasileiro investe, na área agrícola, em torno, este ano, em torno de R$ 160 a R$ 170 bilhões, e que metade foi colocada à disposição para a renovação dos canaviais. “Eu acredito que daqui para a frente nós iremos ter uma melhoria nesta relação, ou seja, na produtividade do setor agrícola.”

Cúpula - A presidente encerrou na segunda-feira a viagem a Espanha, da qual participou, no sábado, da Cúpula Ibero-Americana em Cádiz, e na segunda-feira se reuniu com o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, e com o rei Juan Carlos I e a rainha Sofia.


IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO